Os meus contactos

EMÍLIA MATOS E SILVA

Pintura e Retrato

Óleo, Acrílico, Pastel, Carvão

E-mail:milamatosilva@gmail.com

tlm: 916790023

quarta-feira, 23 de setembro de 2015



óleo s/ tela Emília Matos e Silva " Quadrado Magico III ( 400 mm x 400 mm) p. venda


"Há no universo dois elementos, o infinito ou indeterminado, e o finito e determinado, e um terceiro, formado pela mistura dos dois, e acima deles um quarto, a causa criadora. Pertence ao infinito tudo o que admite o mais ou o menos, como o mais quente e o mais frio, que não podem ser limitados sem perecerem. Pertence ao finito tudo aquilo que admite o número e a medida, como o igual, o duplo... Quanto à causa, é aquilo que confere a existência a todas as coisas."

Diálogos IV - Platão






óleo s/tela Emília Matos e Silva " A verdade está na luz" (500 mm x 400 mm) p. venda

Deus significa luz; ser filho de Deus é, pois, ter origem na luz. Esta é uma metáfora que utilizavam os essénios do Qumran. Designa uma energia interior que ultrapassa a experiência da pessoa e o conceito de pessoa.

excerto de "Contemplação Carinhosa da Angústia" de Agustina Bessa-Luís


 óleo s/tela Emília Matos e Silva - Quadrado Mágico I (300mm x 300 mm) p.venda



Pitagoras






óleo s/tela


óleo s/tela Envolvência I (800 mm x 690 mm) p.venda


A horas flébeis, outonais -
Por magoados fins de dia -
A minha Alma é água fria
Em ânforas d'Ouro... entre cristais...

.

Mário de Sá-Carneiro, em "Indícios de Oiro"

óleo s/tela (1000 mm x 710 mm) p.venda

Só o amor e a arte tornam a existência tolerável


em a "A Servidão Humana", de Somerset Maugham 

terça-feira, 21 de abril de 2015






óleo s/tela Emília Matos e Silva ( colecção particular)

Nada

nem o branco fogo do trigo
em as agulhas cravadas na pupila dos pássaros
te dirão a palavra

Não interrogues não perguntes
entre a razão e a turbulência da neve
não há diferença

Não colecciones dejectos o teu destino és tu

Despe-te
não há outro caminho


Eugénio de Andrade, em "Véspera da Água"

sexta-feira, 3 de abril de 2015




pintura a pastel Emília Matos e Silva ( 590mm / 410mm) 80 €

SONETO ANTIGO

Responder a perguntas não respondo. 
Perguntas impossíveis não pergunto. 
Só do que sei de mim aos outros conto:
de mim, atravessada pelo mundo.

Toda a minha experiência, o meu estudo,
sou eu mesma que, em solidão paciente,
recolho do que em mim observo e escuto
muda lição, que ninguém mais entende.

O que sou vale mais do que o meu canto.
Apenas em linguagem vou dizendo
caminhos invisíveis por onde ando. 

Tudo é secreto e de remoto exemplo.
Todos ouvimos, longe, o apelo do Anjo.
E todos somos pura flor de vento.

Cecília Meireles